O Conhecimento dirige a prática, no entanto a prática aumenta o conhecimento (Thomas Fuller)
Compartilhar conhecimento prático está em nossa essência
8 maneiras de manter a sua equipe motivada em tempos de crise

8 maneiras de manter a sua equipe motivada em tempos de crise

Em períodos de crise, manter a equipe motivada se tornou um desafio e também uma atividade essencial para manter o engajamento e o correto funcionamento das atividades, em um alto grau de qualidade.

No entanto, o aumento da necessidade do isolamento, pode causar sentimentos de solidão, medo e desvalorização nos colaboradores, reverberando nas tarefas diárias.

Neste sentido, é papel da organização atuar junto com os funcionários e proporcionar uma melhoria na atuação do trabalho para conseguir superar a crise com seriedade e serenidade.

Continue lendo e veja 8 maneiras de manter a sua equipe motivada em tempos de crise.

#1: Incentive que haja uma comunicação frequente

Quando os seus colaboradores começam a se sentir desconectados ou fora do círculo da empresa, geralmente eles também perdem a motivação nesse momento.

Colaboradores que estão trabalhando remotamente, começam a se sentir esquecidos, deixados para trás ou fora de certas discussões, levando-os a se sentirem abandonados e desmotivados.

Portanto, é muito importante, principalmente em tempos de crise, haver uma forte comunicação interna com os seus colegas remotos.

O que você pode fazer para proporcionar uma melhor comunicação com os colaboradores:

  • agendar reuniões por vídeo chamada semanais ou diárias com os membros da sua equipe;
  • investir em uma boa e forte plataforma de comunicação;
  • e estabelecer uma política de “porta aberta” com os seus colaboradores.

Manter uma comunicação frequente e completa com os funcionários externos leva a uma maior produtividade e envolvimentos deles.

#2: Alinhe metas e expectativas muito claras

Geralmente, quando os seus colaboradores não estão produzindo um trabalho de alta qualidade suficiente, significa que não há um alinhamento das metas e expectativas de forma bastante clara.

Ao gerenciar equipes remotas, é bastante fácil deixar escapar expectativas, diretrizes e metas, pois fica bastante difícil manter uma comunicação constante com os colaboradores.

Quando isso acontece, os funcionários são forçados a tentar adivinhar o que o coordenador precisa que eles façam, levando a um trabalho incorreto ou irrelevante.

Portanto, líderes devem priorizar o estabelecimento de metas e expectativas com todos os colaboradores e comunicar essas diretrizes por meio de uma mensagem ou vídeo chamada altamente detalhada.

#3: Ofereça aos seus colaboradores a oportunidade de crescimento

O Relatório de Engajamento e Retenção 2020 da Achievers diz que 43% dos funcionários estão procurando ou considerando sair da empresa por conta do avanço na carreira.

Por isso, oferecer a oportunidade de crescimento para os funcionários, mesmo que em tempos de crise, ajudará a motivá-los e estarem mais satisfeitos no trabalho.

Essas oportunidades de crescimento não precisam, necessariamente, serem promoções, aumentos salariais ou alterações de título.

Elas podem ser algo muito simples, quando incentivar e recompensar a participação em conferências virtuais, por exemplo. Além disso, você também pode gastar 15 minutos durante revisões trimestrais e mensais, mapeando a trajetória profissional dos funcionários, dentro ou fora da empresa.

Oferecer essas oportunidades de crescimento ajuda os trabalhadores remotos a se sentirem importantes, engajados e mais felizes. Como resultado, é mais provável que eles continuem produzindo trabalho de alta qualidade.

#4: Reconheça os esforços dos seus colaboradores

Os colaboradores que se sentem desvalorizados têm grande probabilidade de se desapegar do seu trabalho, o que geralmente leva a uma má qualidade do trabalho feito.

É crucial garantir que os seus trabalhadores remotos se sintam reconhecidos publicamente pelo esforço que realizam, no que diz respeito ao envolvimento dos funcionários.

Algo tão simples como postar uma “nota de agradecimento” ou “dar elogios” a seus funcionários pode percorrer um longo caminho.

Quando os funcionários são reconhecidos por seu trabalho, é mais provável que continuem satisfeitos e envolvidos em sua função atual.

#5: Forneça dicas e treinamentos para ajudar os seus colaboradores remotos a gerenciar o tempo

É fácil se distrair ao trabalhar no conforto de casa, principalmente se toda a família estiver em casa com você ou se o funcionário não está acostumado ao trabalho remoto e precisam lutar com o gerenciamento do tempo.

Para aumentar o engajamento dos colaboradores e garantir que eles estejam gerenciando o seu tempo adequadamente, não deixe de fornecer dicas e opções de treinamento.

Uma ótima maneira de fazer isso seria pedir a um de seus colaboradores que já trabalham (ou trabalharam) em regime de home office, para fornecer dicas e truques de forma regular em uma plataforma de comunicação.

Você também pode incluir vídeos de treinamento, em grupo ou individual, para preparar os funcionários e ajudá-los como gerenciar o tempo com eficiência enquanto se trabalha remotamente.

#6: Estabeleça e enfatize a cultura da empresa 

Ao mudar para uma força de trabalho remota em meio à crise, a cultura da empresa tende a mudar ou, em alguns casos, até mesmo desaparecer completamente.

Por isso, é importante manter uma forte cultura da empresa, se você quiser manter as equipes remotas envolvidas em momentos difíceis.

Além de oferecer uma comunicação consistente e transparente, é importante continuar outras atividades com a equipe, como happy hours, e jogos em grupo, para continuar cultivando a cultura, mas de forma online.

Obviamente, fazer isso exige criatividade e mente aberta, mas todos esses encontros podem ser realizados videoconferência, gerando colaboração e entusiasmo em toda a empresa enquanto trabalhamos remotamente.

#7: Ofereça oportunidades de orientação e treinamento

Ter um mentor pode mudar significativamente o envolvimento dos funcionários. Uma maneira de fazer isso, é proporcionar que os funcionários tenham um colega de trabalho para quem eles possam procurar quando os tempos estão difíceis e quando tudo está bem.

Esses mentores podem ajudar a:

  • estabelecer metas;
  • trabalhar em situações difíceis;
  • compartilhar conhecimentos profissionais;
  • ou agir como um estimulador de confiança durante momentos estressantes.

Por terem menos interações cara a cara com os colegas de trabalho, os colaboradores podem obter sentimentos de isolamento, por isso esse mentor pode ajudar, mas para isso, é importante ser alguém que o colaborador confia e se sente à vontade, ajudando a combater sentimentos ruins

#8: Utilize uma forte plataforma de comunicação interna

Embora o e-mail seja uma plataforma eficaz para se comunicar, é uma ferramenta inadequada para a comunicação interna, principalmente em um ambiente de trabalho remoto.

Por isso, ter uma ferramenta que permita que os funcionários compartilhem história, fotos, vídeos, documentos e etc em um único lugar faz a diferença quando se trata de engajamento de equipes remotas.

A utilização de uma boa plataforma de comunicação, permite que líderes e colaboradores se comuniquem e compartilhem informações em tempo real, ajudando os funcionários a se sentirem juntos todos os dias.

A comunicação é fundamental, principalmente em tempos de crise, e ter um ambiente social e colaborativo em que os colegas possam compartilhar experiências e conhecimentos leva a comunicação a um nível totalmente novo, impulsionando a motivação dos funcionários.

Gostou deste conteúdo? Então, nos siga no Instagram e continue acompanhando outras dicas e conteúdos como este.

shares