O Conhecimento dirige a prática, no entanto a prática aumenta o conhecimento (Thomas Fuller)
Compartilhar conhecimento prático está em nossa essência
CRI-CE - Invoção aberta e colaboração entre startups e empresas estabelecidas

Colaboração entre startups e empresas estabelecidas é tema de encontro do Centro de Referência em Inovação do Ceará

A Fundação Dom Cabral (FDC), por meio de sua associada Barros Soluções em Gestão, realizou, no dia 28 de agosto, mais um encontro do Centro de Referência em Inovação do Ceará (CRI-CE). O tema escolhido para guiar as discussões foi “Unicórnios encontram Dragões: efetiva colaboração entre startups e empresas estabelecidas”.

Colaboração entre empresas

Ana Burcharth, professora da FDC e coordenadora do CRI Minas, foi convidada para abordar o assunto. “Se bem gerida, a cooperação entre grandes empresas e startups é uma estratégia de inovação aberta com alto potencial”, conta Ana.

Ela também citou os principais motivos que levam as empresas a aderirem a esse tipo de estratégia. Os objetivos mais comuns são o rejuvenescimento da cultura corporativa e a fomentação de um mindset empreendedor, a identificação de talentos, parceiros e fornecedores, a resolução de problemas de forma ágil e o desenvolvimento de novos produtos e negócios.

Como exemplos de forma de colaboração, a professora citou hackathons, espaços de coworking, aceleradoras ou incubadoras corporativas, parcerias para o desenvolvimento compartilhado de tecnologias, produtos ou serviços, investimento e aquisição de startups.

Após a contextualização, todos os participantes puderam ouvir as experiências de colaboração dos convidados. Para o momento de compartilhar as boas práticas, o encontro contou com a presença de Claudia Villa Diniz (Mining Hub), Lina Moreira (Hubine do Banco do Nordeste) e Igor Juaçaba (Elephant Coworking).

 

CRI-CE

O CRI-CE é uma iniciativa da FDC e de sua associada Barros Soluções em Gestão, que tem como objetivo a criação de uma comunidade interessada em trocar conhecimentos e experiências de inovação. “Nosso objetivo é criar uma comunidade prática e compartilhar como inovar. A ideia é ajudar o Ceará a se tornar um estado mais inovador”, conta Carlos Arruda, coordenador do projeto e gerente do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC.

shares